Follow by Email

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Tagus Universalis


Apesar de o Tejo nascer em Espanha, é dos cenários que dá maior explendor a Lisboa. O velho eléctrico 28 é muito concorrido pelos turistas, pelo qual podem apreciar diversas vistas da Cidade para o rio, e até sentir o seu cheiro - por vezes - agradável.
Todos nós, amigos da Cidade de Lisboa, sentimos uma espécie de privilégio em ter o Tejo a "abraçar" parte da Cidade.
Como se não bastasse a sua beleza natural, este poderá vir a fazer parte do Património da Humanidade da UNESCO. A proposta - com o nome "Tagus Universalis" - vai ser apresentada nesta quinta-feira num encontro Ibérico a decorrer no Pavilhão de Portugal, sito na Expo Saragoça 2008.
Pode ser que, se a proposta for aceite, se continue a promover a melhoria no ambiente do rio.

1 comentário:

Anónimo disse...

Sr. Corvo:
Gostei muito. O Tejo, é uma das minhas paixões. É, o mais lindo, largo e envolvente rio, do mundo.
Continua assim. Lisboa, a eterna namorada do Tejo, deve ficar contente.
Beijo
Maria