Follow by Email

segunda-feira, 27 de junho de 2011

1.ª paragem do combóio



ATENÇÃO: ESTE POST É CONTINUAÇÃO DO SEGUINTE, PUBLICADO EM 8 DE JULHO DE 2010.

http://bloguedocorvo.blogspot.com/2010/07/linhas-e-agulhas-ferroviarias.html

Desde que me conheço como gente, tenho uma estranha fixação por combóios e linhas férreas. Talvez por semelhança à linha da vida, ao caminho, ao destino…
Andei um quilómetro, e eis a prometida estação de curta paragem. A máquina vai arrefecer um pouco, mas o motor não vai deixar de ter pressões de vapor. Só um pequeno espaço de tempo para o maquinista poder descansar e dar um pequeno passeio para descomprimir.
Faltam ainda dois km. para chegar ao desejado destino. Talvez ainda haja uma agulha para desviar depois dos três quilómetros.

2 comentários:

Maria disse...

Meu Corvo
Boa comparação das linhas do comboio e as da vida.
Cuidado com as passagens de nível!
Beijinhos
Mãe

Corvo disse...

Já passei por algumas passagens de nível e não tive problemas. (Algumas de mais alto "nível" que outras).

Beijinho.