Follow by Email

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Falta de tempo... e disposição.


Não tenho escrito, mas tenho vindo aqui e aos blogues dos amigos. Nem sempre faço comentários, mas não deixo de os ler.

É que, para além do blogue, ainda tenho:

A minha família e os amigos;
Um emprego (ainda bem) que me dá muito trabalho. Tanto, que às vezes levo trabalho para casa;
A ginástica, que me tem devolvido alguma mobilidade que já tinha perdido;
O Grupo dos Amigos de Lisboa e a Olisipo, ao quais dedico parte do meu (pouco) tempo;
Tentar fazer mais alguma coisa pela vida (minha e dos outros;
Dormir;

Como se pode ver, não tenho assim muito tempo. O pouco que tenho, é mais para descansar.

Mas prometo para breve um post, cujo conteúdo estou a preparar, sobre um assunto de Lisboa, para variar...
Palavra-Chave: Hospital de Arroios.

Obrigado por me aturarem.

8 comentários:

Maria disse...

Meu Corvo

Com tanto relógio. nunca chegas atrasado. Vem quando puderes, mas vem. Um bom tema o do Hospital de Arroios.
Dorme bem.
Beijinhos
Mãe

Liliana disse...

O tempo... Tanta falta nos faz e obriga-nos sempre a correr atrás dele... Seria tão bom que todos pudéssemos ter um modo de vida que nos permitisse ter mais tempo livre, para o ocuparmos com coisas de que realmente gostamos e nos dão prazer...

Ficarei a aguardar o post. Conheço muito pouco de Lisboa e vir aqui tem ajudado a criar uma perspectiva diferente da que tinha anteriormente.

Até breve e obrigada pela visita ao meu mundo...

Paula Raposo disse...

Obrigada pela tua visita e pelas palavras que me deixaste. Muitos beijos.

Zé do Cão disse...

Olá amigo.
Se A Pascoalita vê no blogue tantos relógios ainda se apaixona por algum.
Lamentou-se de que o dela se avariou.


Um Abraço

Corvo disse...

Se a corda dos relógios acabar, posso chegar atrasado. Mas era preciso faltar a todos...

Corvo disse...

Quando tiver tempo (alguns dias) há-de vir a Lisboa, conhecer mais um pouco da Capital. O que tenho escrito aqui, é visto pelos meus olhos. Cada pessoa vê da sua maneira.

Corvo disse...

Realmente achei aqueles versos (onde deixei o comentário) fantásticos!

Corvo disse...

Zé do Cão,

Se o relógio for de corda, conheço um bom relojoeiro. É de confiança. Já lá pus dois ou três a arranjar, e ficaram 5 estrelas. (Inclusivamente o que tenho no pulso tem mais de 40 anos e funcemina à maneira!).
É quási no Saldanha e chama-se "Pessoa e Melo".