Follow by Email

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Presépio incompleto


Há dois ou três dias, passei pela Rua Garrett, junto à Igreja dos Mártires, onde estava um presépio. Na altura, pareceu-me que faltava qualquer coisa. Pensei que ainda o estivessem a compor. Ora, estamos a caminhar para o Natal; não passámos já o dia 25. Então, faltando alguma coisa, faria sentido ser por ainda o estarem a construír.
Passei lá hoje, e apenas estava a Nossa Senhora e um cartaz dizendo qualquer coisa parecida com "por favor, não estraguem mais o presépio".

Como diria um velho amigo e bem conhecido de todos: E esta, hem?!

13 comentários:

Paula Raposo disse...

Realmente!! Que coisa!
Beijinhos e um bom Natal para vocês.

Maria disse...

Meu Corvo

Pensei que ias contar a história do teu pai, outro dia. Aquela do presépio sem menino Jesus, que o teu pai disse que faltava por ainda não ter nascido. Lembras-te? Conta o resto, porque já fez rir muita gente.
Quando o vandalismo chega aos inocentes presépios, mau vai o mundo.
Beijinho
Mãe

Corvo disse...

Há com cada uma, não é?

Boas festas e beijinhos, Paula.

Corvo disse...

E o pior de tudo, é que havia pessoas a passar e a rir-se disso.

Pois foi: o meu pai escolheu precisamente a altura em que os fiéis saíam da missa para dizer bem alto que o Menino Jesus não estava lá porque ainda não tinha nascido... Já não há respeito!

Corvo disse...

Amigo Henrique:
Seja muito bem-vindo como seguidor desta por... perdão, deste modesto blogue!
Fico muito satisfeito.

Um abraço.

Francisco Castelo Branco disse...

Em Portugal nem o presépio escapa aos larápios

Tenho a certeza que foi para fazer publicitar.

Tb é verdade que os "bonecos" era faceis de levar

Anónimo disse...

Corvo,
Roubar as figuras do presépio é, no mínimo, estranho e bizarro.
Fico desconcertada!
Saudades
Nemy

Bichodeconta disse...

Amigo corvo, este ano acho que foi mau para muitos de nós embora por razões diversas. Gostei deste espaço, e no dia do almoço não sabia, (também ninguém se nos apresentou)que era um dos filhos da Maria.HOJE CHEGADA AQUI COMEÇO A LER E APERCEBO-ME.BOM TER UMA MÃE COM TANTA SENSIBILIDADE QUE NATURALMENTE SE TRANSMITE ASSIM.BJS, ELL

Corvo disse...

Ell,

Obrigado por ter visitado o meu blogue.
Numa pequena conversa, antes de me ir embora, disse-me quem era; penso que também me apresentei como autor deste blogue, mas havia tanta gente e tão pouco tempo...

Beijo, e volte sempre!

Je Vois la Vie en Vert disse...

Olá Corvo,

Não me passaria pela cabeça rir ao ver um espectáculo deste ! Estou chocada por ver até onde vai a desonestidade das pessoas.
O que vão fazer as pessoas que levam as figuras com o fruto do seu furto ? Fazer um presépio se nem respeitam aquilo que é dito nos mandamentos : "Não roubarás" ?
O Presépio, em príncipe, devia ter um significado, senão uma árvore de Natal e um Pai Natal chegam perfeitamente !

Que tristeza, que baixeza.

Ainda bem que viste, caro Corvo, ainda existem pessoas sensíveis a estes gestos feios !

beijinhos

Verdinha

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

CC

Venho hoje aqui para te dizer que continuo a visitar-te, continuo a gostar de o fazer, continuo a achar excelente o teu blogue, continuo teu Amigo. E espero continuar assim durante este 2010 em que já estamos. A maior parte das vezes, não deixo cumentários, com o, porque não chego para as encomendas…

Muito obrigado pelo que me deste, que foi muito, e a que eu talvez não tenha correspondido como tu mereces. Vou tentar ser um pouquinho melhor nos 364 dias que se seguem. Mas, não prometo nada. Sou um malandro. Bom? Penso que menos mau… De qualquer maneira, oxalá o novo ano te traga o que entenderes melhor.

E peço-te desculpa por este ser um texto comum. Com a quantidade de gente como tu, não podia ser de outra maneira. Não sou uma centopeia, para chegar a toda a parte, muito menos um deus para ser omnipresente. Espero por ti, sempre que queiras visitar-me na minha Travessa.

Abs

Corvo disse...

Verdinha,

Infelizmente, coisa que não falta neste país, é falta de vergonha. Agora, é a linha do Tua que está a ser roubada. Todos os dias tem um bocado a menos.

O que é que irão roubar mais?!

Beijinhos.

Corvo disse...

Amigo Antunes Ferreira,

Foi com alegria que li o teu comentário.

Também eu não deixo muitos comentários nos blogues, e não é sinal de não os ler. (por vezes, é mesmo preguiça de escrever).

Faço votos que também tenhas um bom 2010 e aqui vai um grande abraço de amizade!