Follow by Email

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Doca de Alcântara


Dá-me vontade de pedir ao tempo que volte para trás, para podermos disfrutar deste lugar, como local de lazer, podendo, ao mesmo tempo, contemplar a linda e pura Natureza.
Esta foto data de 1911 e, por estranho que pareça, retrata um pedaço da nossa Capital, onde se podia tomar banho, fazer regatas, pescar (à vontade)...
Enfim, viver de outra maneira.

6 comentários:

Anónimo disse...

Corvo:
Bela foto. Houve tempo em que as pessoas alugavam casa em Pedrouços e Algés, para passar o Verão, ia-se às hortas ao Campo Grande, ou à Prcalhota comer coelho guizado, ao Pedro dos coelhos. E havia na estrada de Benfica um restaurante, o "Ferro de Engomar", a quem o teu avô vendia coelhos. Lembras-te de ele contar?
Tudo mudou, sem volta. Temos que tentar viver nos dias de hoje.
Beijinhos
Mãe

Anónimo disse...

Corvo,
O tempo não volta para trás. Só temos o presente para viver. Compete-nos vivê-lo o melhor possível e fazer o que pudermos para deixarmos este local em vivemos um bocadinho melhor.
Acredito que todos juntos podemos fazê-lo. Gosto de pensar que sim.
Acredito em ti.
Tenho saudades tuas
Nemy

Anónimo disse...

Se me lembro! E de ele contar que ia para o cimo dos montes - nos campos verdes da Porcalhota - ver os aviões. A propósito de Ferro de Engomar, fui lá há uns dois anos. Beijos.

Quanto ao tempo actual, quanto mais vivo, mais tenho vontade que o tempo pudesse voltar atrás. No entanto, penso que se todos pensássemos em tornar os actuais tempos melhores, resultaria.
Beijos.

Corvo

Anónimo disse...

Corvo,
Sinto a falta dos teus comentários...
Beijinho
Nemy

Anónimo disse...

Corvo,
Sinto falta dos teus comentários...
Saudades
Nemy

Corvo disse...

Nemy,

Isto tem estado muito parado, mas agora vou ver se dou algum ânimo a este espaço. beijos.