Follow by Email

segunda-feira, 16 de abril de 2012

110 anos - E esta, heim?

Teria feito neste 15 de Abril, 110 anos o conhecido jornalista Fernando Luís Oliveira Pessa. Morreu há quasi dez anos com 100, não tendo realizado o sonho de trabalhar até aos 110.
Longe de alguém pensar que é por termos sido amigos que escrevo estas palavras.

Ora, este profissional do jornalismo que iniciou a sua carreira na Emissora Nacional, aquando da sua inauguração em Agosto de 1935, mais tarde, trabalhou na BBC Londres, de onde relatava os acontecimentos da II Guerra Mundial, arriscando a própria vida, por diversas vezes, e que mais tarde entrou na RTP, tendo feito parte da emissão de inauguração a partir da Feira Popular (então em Palhavã) e que trabalhou até ao fim da sua vida, não merecia, ao menos, que a RTP se lembrasse dele?

Aqui, nesta foto, tirada por mim em sua casa, fez ele questão de ficar ao lado da TV, mostrando a sua fidelidade ao canal 1. O leão tem história; foi uma reportagem que fez em Rio Maior, onde constava que tinha aparecido um à solta.

Homem que, nos ecrãs da televisão aparecia sempre bem-disposto, mas fora deles, com um feitio levado da breca; é que quando se zangava, era a sério! E, ao contrário do que alguém possa imaginar, não engraçava com toda a gente.

Sempre atento e interessado às irregularidades que pudesse apontar numa reportagem.
Bon vivant, mas muito trabalhador; não fazia só jornalismo. Até a preparação dos estúdios para os programas ele fazia. Tinha sempre que fazer.
Uma queda, obrigou-o a ficar em casa e isso foi-o degradando físicamente, mas bem tratado até ao fim pela Sr.ª D. Simone, mulher dedicada, que também já partiu há uns anos, e pela Sr.ª D. Berta, também sempre dedicada, de quem infelizmente perdi o contacto.